É seguro investir através de uma corretora de valores?

 

Se você está buscando novas oportunidades de investimentos, o mercado financeiro vai lhe oferecer as opções de investir através de uma corretora de valores deixando para trás o velho banco. Isso pode gerar insegurança para quem passou a vida inteira sendo cliente de banco. Hoje em dia, com a popularização das corretoras, que investiram pesado, essa insegurança é mais rara.

Mas por mais que o investidor comprado na ideia de que a corretora é melhor lugar para investir o seu dinheiro, ainda surgem algumas dúvidas:

É seguro? Mas e se ela quebrar, como ficam os meus investimentos?

Para responder a essa pergunta fizemos uma busca de informações na principal e segura fonte, o Banco Central (Autarquia reguladora do mercado financeiro). Mas primeiro vamos a algumas informações indispensáveis.

O que são corretoras de valores?

Segundo o próprio Banco Central. As corretoras e distribuidoras de títulos e valores mobiliários são intermediadoras nos mercados financeiro, cambial e de capitais. Ou seja, ela é uma instituição que fica entre o investidor e o investidor, cuja principal função é distribuir diversos investimentos.

Exemplo:

O Fundo de Investimentos “A” faz uma parceria com a corretora, para que o mesmo possa ofertar, disponibilizar os seus investimentos através da plataforma online, aumentando o potencial de captação de recursos. Portanto, ao comprar cotas do fundo de investimentos através da plataforma da corretora, o que você está fazendo é investir no fundo de investimentos.

Uma dica para quem está temeroso, é fazer uma pesquisa no site do Banco Central. Lá você poderá pesquisar sobre qualquer instituição financeira, e verificar se a mesma é regulamentada ou não pelo Banco Central.

Então, investir por intermédio de uma corretora é rigorosamente o mesmo do que investir através de um grande banco, quanto ao quesito segurança.

Uma comparação é muito boa, é a da corretora de imóveis com a corretora de valores mobiliários.

Vamos supor que você comprou um imóvel através de uma corretora de imóveis.

Quando essa corretora de imóveis que você utilizou para comprar o seu imóvel vier a falir, o seu bem permanecerá intacto. Pois o imóvel foi registrado no seu nome, no seu CPF, e não no CNPJ da corretora que intermediou o processo. Justamente porque a corretora é uma intermediadora, não é a detentora de seu imóvel. O mesmo ocorre com as corretoras de valores imobiliários, somos intermediadores! Ao utilizar o serviço, você não está investindo na corretora e sim, através dela. É válido ressaltar que nem todas as corretoras possuem o sistema de registro do investimento vinculado ao CPF do investidor.

Seja bem vindo(a) a esse novo mundo.

Um abraço

Time Strike

Cuidar do futuro de nossas famílias e daqueles que amamos vai muito além de deixar uma reserva para os herdeiros. Por isso se faz necessário um planejamento financeiro para cuidar do futuro daqueles que amamos. E essa é uma tarefa contínua.

Na última década muitos brasileiros se deram conta da importância de um bom planejamento financeiro familiar e estão em busca de um futuro mais próspero. E o segredo do futuro próspero está no presente que constrói o futuro. Melhorias recorrentes em suas finanças podem te fazer alcançar os seus objetivos antes do tempo previsto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.